Blog
Por que um bom líder precisa conhecer a Hierarquia de necessidades de Maslow

Por que um bom líder precisa conhecer a Hierarquia de necessidades de Maslow

A Pirâmide de Maslow consiste na hierarquia das necessidades, é um conceito difundido pela Psicologia, que nos últimos tempos passou a ser aplicado como forma de gestão do conhecimento e de Recursos Humanos. 

A pirâmide de Maslow é uma técnica muito utilizada para entender o comportamento dos colaboradores, sendo esse um ponto essencial para o desenvolvimento de qualquer empresa. Neste texto nós iremos falar sobre o conceito, e responder a principal pergunta que aqui trazemos: Por que um bom líder precisa conhecê-lo? 

O que é a Pirâmide de Maslow?

Criada pelo psicólogo americano, Abraham Harold Maslow - A pirâmide que leva o nome de seu autor, foi trabalhada em cima das necessidades humanas e suas satisfações. As necessidades podem ser baseadas tanto em âmbito profissional, quanto pessoal.

Maslow dedicou-se a analisar a experiência humana investigando áreas essenciais como o amor, a esperança, a fé, a espiritualidade, a individualidade e a existência. Um dos aspectos fundamentais de sua teoria é que, para alcançar o estado mais desenvolvido de consciência e realizar todo o seu potencial, os colaboradores precisam descobrir seu verdadeiro propósito na vida e embarcar em uma jornada em busca dele.

Quais as necessidades expostas da Pirâmide de Maslow e seus níveis?

Ela é dividida em 5 partes. São elas (da base, sendo a menor necessidade, até o topo, sendo a mais alta):

  • Fisiológicas (base):

    são as prioridades básicas relativas à sobrevivência. Se alimentar, beber, dormir, descansar, manter a temperatura do corpo, entre outras;
  • Segurança (segunda camada):

    Relacionada às estabilidades básicas, como segurança de saúde, segurança da família, segurança física em casos de violência — tudo vinculado à autopreservação.
  • Social (terceira camada):

    As necessidades em se sentir aceito por outras pessoas, receber o amor e o afeto de próximos, envolvendo amor, amizades, pertencimento no geral;
  • Estima (quarta camada):

    Se sentir competente, importante, necessário e respeitado nos ambientes que frequenta. Essa dimensão é frequentemente compreendida em dois aspectos: o reconhecimento das próprias habilidades pelo colaborador e o reconhecimento dessas habilidades pelos gestores e líderes;
  • Autorrealização (topo):

    Na última etapa e topo da pirâmide, aqui é trabalhado o potencial da pessoa, permitindo-a criar, inovar, superar desafios, ter autonomia. Um trabalho desafiante, que promova a participação efetiva e auxilie no crescimento pessoal do colaborador são as características observadas nesse nível da Pirâmide de Maslow.

 

Como a Pirâmide de Maslow opera?

A Pirâmide de Maslow é uma teoria que descreve as necessidades humanas em uma hierarquia. De acordo com Maslow, as necessidades são satisfeitas em uma sequência, uma de cada vez. Isso significa que as pessoas só começam a buscar a realização de necessidades de níveis superiores quando as necessidades básicas já estão satisfeitas, pelo menos em parte.

Na prática, nem todos os indivíduos alcançam os níveis mais altos da pirâmide ou atingem os níveis desejados, pois podem enfrentar dificuldades para satisfazer suas necessidades básicas. Isso resulta em um estado de insatisfação e desmotivação, mantendo-os presos nos níveis mais baixos da pirâmide.

A Pirâmide de Maslow é uma ferramenta valiosa para os profissionais de recursos humanos, pois ajuda a identificar em qual nível da pirâmide cada colaborador se encontra. Isso permite que os gestores compreendam melhor a posição dos colaboradores em suas carreiras e o que eles precisam para continuar desempenhando seu trabalho de forma eficaz naquele momento.

A Pirâmide de Maslow é importante para um bom líder?

Um bom líder deve usar a ideologia da pirâmide e todas as suas necessidades para conseguir exercer sua função com qualidade, autonomia, e todas as características que a englobam. Além de ter extrema importância não somente para si mesmo, tanto no pessoal quanto para o profissional, é interessante que o tal estudo seja aplicado em ambiente de trabalho e junto aos funcionários.

 

Motivar, compreender sobre o comportamento de cada funcionário, o desenvolvimento e o alinhamento de estratégias são alguns dos pontos que podem ter uma melhora significativa com o auxílio do conhecimento sobre a hierarquia de necessidades.

Ficou interessado no estudo e com a prática de liderança? 

O Curso Tecnólogo em Processos Gerenciais irá te preparar para um mercado disputado, e estimulará sua criatividade em diversas áreas dentro da trilha acadêmica. Fale com a gente e conheça mais sobre o curso que poderá mudar a sua vida!

Fale conosco

PARCEIROS
BRASILIANA
Instituto do Connhecimento
Cursos - Instituto do Corretor
Cursos - Escola Democrata
Cursos - Escola Republica
urna sugestões BRASILIANA